Plástica Tocantins Plástica São Paulo Plástica Paraná Plástica Pará Plástica Maranhão Plástica Mato Grosso do Sul Plástica Bahia Plástica Alagoas Plástica Acre Plástica Espirito Santo Plástica Piauí Plástica Mato Grosso Plástica Ceará Plástica Minas Portal Plástica Sergipe Portal Plástica Pernambuco Portal Plástica Rio Plástica Santa Catarina Plástica Rondônia Plástica Paraiba Plástica Rio Grande do Sul Plástica Amazonas Plástica Amapá Plástica Rio Grande do Norte Portal Plástica Goiás Plástica Roraima Plástica Brasília

GLÚTEOS - PRÓTESE


Implantes de glúteos (nádegas)

As nádegas com as quais você nasceu podem ou não ter a musculatura ou curvas desejadas. Pode ser difícil melhorar determinadas áreas apenas com exercícios e, em alguns casos, danos decorrentes de um acidente ou de determinadas condições de saúde podem afetar a sua aparência. Existem duas principais opções para aumentar o volume das nádegas: transferência de gordura e implantes. A transferência de gordura remove a gordura corporal de uma região e a reinjeta nas nádegas. Este procedimento também é chamado de técnica brasileira de levantamento de glúteos, mas este nome pode ser confundido com programas de exercícios de nome semelhante. Dependendo das mudanças desejadas e da gordura corporal disponível, uma transferência de gordura pode ser utilizada sozinha ou associada aos implantes. A técnica de aumento dos glúteos com implantes, que será abordada nesta animação, utiliza implantes de silicone macio e sólido destinado a aumentar de forma imediata e uniforme o volume das nádegas. Ao contrário da transferência de gordura, onde a sobrevivência da gordura transferida varia e pode exigir retoques, os implantes mantêm o volume e não precisam de acompanhamento para ajustes. Os implantes de nádegas ou glúteos são concebidos para mudar seus contornos, melhorando sua aparência e autoconfiança.

3D Animation

Implantes de glúteos

Os implantes de glúteos são frequentemente escolhidos para melhorar as nádegas pelas razões a seguir: •as nádegas são assimétricas ou parecem desproporcionais •perda de peso, envelhecimento, ou uma condição de saúde fizeram com que as nádegas parecessem planas ou soltas e flácidas •as nádegas perderam volume e parecem muito pequenas para a estrutura corporal Seu médico o(a) ajudará a escolher o estilo de implante e a técnica cirúrgica que melhor se adequará à aparência que você está buscando. É importante ter em mente que as opções de implantes são limitadas pela sua anatomia. Dependendo da rigidez do músculo ou do tecido que circunda os implantes, a forma e tamanho desejado podem precisar de alteração durante o procedimento cirúrgico. Seu médico usará a melhor opção para alcançar os melhores resultados e facilitar a cicatrização adequada.

Implantes de glúteos

Procedimento de implante de glúteo

Várias técnicas cirúrgicas podem ser utilizadas para realizar os implantes de glúteos, dependendo da posição e aparência desejadas. As duas técnicas que geralmente produzem os melhores resultados são os procedimentos de aumento de nádega intramuscular e subfascial. O aumento intramuscular envolve a criação de uma bolsa dentro do músculo glúteo maior. Em contraste, o procedimento de aumento subfascial cria uma bolsa sob a fáscia, que é uma membrana de tecido que cobre a parte superior do músculo. Utilizando estas técnicas, o implante é protegido pelo tecido sob a pele ou tecido e fibra muscular, produzindo um ambiente confortável, resultado em uma aparência natural e visualmente agradável.

Procedimento de implante de glúteo

Incisão e formação de bolsa

O procedimento começa com uma incisão através da pele ao longo de uma linha pré-marcada perto do cóccix, na parte superior da prega glútea, que é a linha que se estende entre as nádegas. Com o uso de um eletrocautério ou bisturi, o médico cuidadosamente corta horizontalmente sob as camadas da pele para acessar a fáscia acima do músculo glúteo maior em cada lado das nádegas. Como você aprendeu anteriormente, existem diferentes opções de colocação de implantes disponíveis. Esta animação mostra a colocação do implante intramuscular. Retratores seguram a pele, enquanto o médico corta cuidadosamente através da fáscia e prossegue para separar as fibras do glúteo máximo. É formada uma bolsa no interior do músculo ligeiramente maior do que as dimensões do implante. O médico pode usar um endoscópio ou retrator de fibra óptica para verificar a dissecção completa. Um dreno, que permite que o líquido saia do seu corpo durante a cicatrização, é colocado no lugar e a bolsa é limpa.

Incisão e formação de bolsa

Inserção do implante e fechamento da incisão

O médico inserirá e posicionará cuidadosamente um implante estéril, garantindo um ajuste sem tensão dentro do músculo. Quando os implantes estiverem inseridos, o médico verificará se eles parecem naturais e simétricos. As aberturas para as bolsas de cada implante são suturadas com pontos absorvíveis. As aberturas que permitem acessar as laterais das nádegas sob a pele são então suturadas na linha média, e a incisão na prega glútea é fechada. Esta incisão pode ser suturada e/ou vedada com um adesivo. Finalmente, uma bandagem é colocada após a cirurgia para fornecer compressão e suporte.

Inserção do implante e fechamento da incisão

Recuperação do implante glúteo

O médico pode solicitar que você use uma malha de compressão por alguns dias ou várias semanas. Esta vestimenta ajuda a reduzir o inchaço mediante a prevenção de acúmulo de líquido, melhorando a circulação sanguínea e o suporte para os novos contornos de suas nádegas durante a cicatrização. Será preciso dormir de barriga para baixo e evitar sentar-se tanto quanto possível por cerca de duas a quatro semanas. Poderão ser observados alguma rigidez e inchaço temporários nas nádegas e regiões próximas. O paciente pode sentir alguma dor, o que pode ser controlado com medicamentos orais. Os drenos cirúrgicos provavelmente serão removidos em alguns dias a uma semana, enquanto quaisquer suturas externas indissolúveis ficarão no lugar por uma a duas semanas. Embora você possa se sentir bem o suficiente para voltar ao trabalho e às atividades normais em duas a quatro semanas após o procedimento, é necessário evitar o exercício extenuante de perna por cerca de um mês e meio.

Recuperação do implante glúteo

Resultados do implante de glúteo

Os resultados dos procedimentos de implante de nádegas podem ser observados imediatamente. Após o procedimento, o edema poderá deixar a pele com um aspecto brilhante num primeiro momento, mas ele desaparecerá em algumas semanas, e a pele ao redor do implante recuperará a aparência natural. O movimento muscular não deve ser afetado. Os implantes são colocados de tal modo que não se movimentem, e os tecidos ao redor dos implantes esticarão para acomodá-los confortavelmente nos meses seguintes. A cicatriz é escondida em um local de difícil detecção, e desaparecerá consideravelmente com o tempo, tornando-se praticamente imperceptível. Com os implantes de glúteo, é possível obter o formato, a definição e os contornos que você sempre quis.

Resultados do implante de glúteo

Cadastre-se para receber nosso informativo por e-mail
nome:
e-mail:

 
Dr. Simone Leal Suzano
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 4524
RQE: 1801
VITORIA
Dr. George Da Silva Carvalho
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 8302
RQE: 5413
COLATINA
Dr. Arilton Pirola Santos Júnior
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 6963
RQE: 7236

Dr. Marcelo José Fernandes
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 5521
RQE: 4112
VILA VELHA
Dr. Saulo De Tarso Mello Zerbone
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 3313
RQE: 3928
VITORIA
Dr. Janine Gama De Souza
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 4827
RQE: 659
VITORIA
Dr. Ademir Fernando Peterle
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 3662
RQE: 3674
VITORIA
Dr. André Luís Nunes Obermüller
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 5414
RQE: 1884
VITORIA
Dr. Luiz Fernando Soares De Barros
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 1211
RQE: 301
VITORIA
Dr. Julio Carlos Pereira
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 4632
RQE: 2697
VITORIA
Dr. Ernesto Ruggerini Filho
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 2962
RQE: 7359
VILA VELHA
Dr. Luiz Fernando Vieira Gomes Filho
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 7378
RQE: 6413
VITORIA
Dr. Ricardo Jose Baptista
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 2448
RQE: 96
VITORIA
Dr. Dário Ernesto Rodriguez Fernandez
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 3548
RQE: 3679
VITORIA
Dr. Fábio Romero Ferreira Dias
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 4548
RQE: 4953
VITORIA
Dr. Alexandre Alves De Oliveira Brumatti
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 8976
SAO MATEUS
Dr. Raimundo Luiz Inocêncio Dos Santos
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 5599
RQE: 4756
VITORIA
Dr. Carlos José Vieira
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 1156
RQE: 186
VITORIA
Dr. Alberto Tauil Junior
Cirurgião Plástico
CRM-ES: 6559
RQE: 5477
VILA VELHA
Listar Todos

Cirurgia Plástica é Com Cirurgião Plástico
Pesquisa Google
Cirurgias Plásticas
ABDOME - ABDOMINOPLASTIA CLÁSSICA ABDOME - ABDOMINOPLASTIA EM ÂNCORA ABDOME - ABDOMINOPLASTIA MINI
ABDOME - LIPOABDOMINOPLASTIA ABDOME - LIPOASPIRAÇÃO ÁCIDO HIALURÔNICO
ACNE - TRATAMENTO A LASER BIOPLASTIA BRAÇO - LIPOASPIRAÇÃO
BRAÇO - PLÁSTICA CABELO - EXPANSÃO DO COURO CABELUDO CABELO - REDUÇÃO DO COURO CABELUDO
CABELO - TRANSPLANTE CAPILAR CERATOSES CICATRIZES
CICATRIZES - TRATAMENTO A LASER CICATRIZES - TRATAMENTO CIRÚRGICO CIRURGIA CIRCUNFERENCIAL (360º)
CIRURGIA MICOGRÁFICA DE MOHS CISTOS COLÁGENO
CORPO - LIPOESCULTURA COXAS - IMPLANTE COXAS - LIFTING
COXAS - LIPOASPIRAÇÃO CRÂNIO E FACE - DEFORMIDADES CONGÊNITAS CRANIO MAXILO FACIAL
CULOTE - LIPOASPIRAÇÃO DEPILAÇÃO A LASER ESCLEROTERAPIA - REMOÇÃO DE VEIAS COM LASER
ESTRIAS - TRATAMENTO A LASER FACE - LIFITING DO TERÇO INFERIOR FACE - LIFITING DO TERÇO MÉDIO
FACE - MINILIFTING FACE - PLÁSTICA FACE - REJUVENESCIMENTO POR FIOS(RFA-ROUND BLOCK)
FISSURAS LÁBIO PALATO GLÚTEOS - LIPOASPIRAÇÃO GLÚTEOS - LIPOENXERTIA
GLÚTEOS - PRÓTESE HEMANGIOMAS HIPERIDROSE AXILAR
IMPLANTES DE BOCHECHA - MALAR LIFTING TESTA - CORONAL LIPOMAS
MAMA - IMPLANTE DE SILICONE MAMA - MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO MAMA - MAMOPLASTIA DE REDUÇÃO VIA AXILAR
MAMA - RECONSTRUÇÃO APÓS MASTECTOMIA MAMA - SUSPENSÃO MAMA - SUSPENSÃO COM IMPLANTES
MÃOS - REJUVENESCIMENTO A LASER MÃOS - REJUVENESCIMENTO ENXERTO DE GORDURA MICRODERMOABRASÃO
NARIZ - RINOPLASTIA ABERTA NARIZ - RINOPLASTIA FECHADA NINFOPLASTIA - CIRURGIA ÍNTIMA FEMININA
NINFOPLASTIA - CIRURGIA ÍNTIMA MASCULINA OLHEIRAS - TRATAMENTO A LASER ORELHAS
ORELHAS - SEM CORTE ORTOGNÁTICAS PÁLPEBRAS - INFERIORES (EXTERNA)
PÁLPEBRAS - INFERIORES (INTERNA) PÁLPEBRAS - OCIDENTALIZAÇÃO PÁLPEBRAS - SUPERIORES
PANTURRILHA - PRÓTESE PEELING QUÍMICO MÉDIO PEELING QUÍMICO PROFUNDO
PEELING QUÍMICO SUPERFICIAL PEITORAL - GINECOMASTIA PEITORAL - PRÓTESE MASCULINA
PESCOÇO PESCOÇO - LIPOASPIRAÇÃO PROTETOR SOLAR
QUEIMADURAS - CIRURGIA REPARADORA QUEIXO - IMPLANTE PRÓTESE QUELÓIDES - TRATAMENTO A LASER
QUELÓIDES - TRATAMENTO CIRÚRGICO REJUVENESCIMENTO DE PELE COM LASER RUGAS - TRATAMENTO A LASER
SINAIS - RETIRADA SOBRANCELHAS - IMPLANTE CAPILAR TESTA - LIFITING
TESTA - LIFITING COM ENDOSCÓPIO TORSOPLASTIA TRANSFERÊNCIA DE GORDURA
TRATAMENTO DE RUGAS TRATAMENTO DE TELEANGIECTASIAS TUMORES DE PELE - TRATAMENTO CIRÚRGICO
VERRUGAS
Movimento Nacional de Valorização da Cirurgia Plástica